A tradicional maçã de peito, só que diferente

Por : | 0 Comentários | On : 22 de novembro de 2013 | Categoria : O que tem para hoje

Maça de peito com farofa

Hoje a Hanna pediu para fazer a maçã de peito na cerveja que ela tanto gosta. Normalmente eu faço este prato como um tira-gosto. Desta vez a ideia era servir como prato principal. A receita tradicional você pode ler aqui. Só que hoje ela ficou um pouco diferente.

Sabe aqueles dias nos quais tudo parece dar errado? Hoje foi assim.

Normalmente decidimos o que vamos jantar perto das 18:30. É ai que vamos analisar a dispensa, geladeira e freezer para então montar o cardápio. A primeira ideia para noite veio da Hanna. Ela sugeriu uma massa caseira, normalmente um talharim. Com qual molho? O molho neste caso pouco interessa. Uma massa caseira na manteiga já dá um banho em qualquer massa industrializada. Quem nunca fez uma massa em casa infelizmente não sabe sobre o que estou falando.

Por melhor que seja uma massa pronta, nunca vai se igualar ao sabor de uma massa feita na hora. Uma boa massa é feita basicamente de farinha e ovos. Eu uso apenas gemas e farinha de trigo. É ai que começam os problemas das massas industriais. Na maior parte dos países as legislações sanitárias proíbem o uso de ovos in natura (devido ao risco de transmissão de doenças). Eles acabam sendo substituídos por ovos em pó ou pasteurizados. Outro problema está relacionado à resistência da massa seca. Normalmente ela é muito quebradiça e para deixá-la mais resistente os fabricantes usam diversos artifícios que acabam modificando o seu sabor. Enfim, uma massa caseira é outro papo!

Voltando ao nosso jantar, foi na dispensa que tudo começou a dar errado. Nada de farinha grano duro. Sempre uso 1/2 de farinha comum e 1/2 grano duro. Como dificilmente me dou por vencido, decidi seguir com a receita usando somente a farinha comum. Nesse momento eu descobri que tínhamos apenas 2 ovos. Uso 1 ovo para cada 100g. Já estava abrindo mão da farinha grano duro, não podia abrir mão dos ovos!!!

Receita descartada, surgiu a ideia de fazer a tradicional receita de maçã de peito na cerveja com uma farofa de mandioca simples e fantástica.

Sabe aquele conselho de todo o chef de cozinha para que você separe e organize os ingredientes antes de começar a cozinhar? Eu nunca sigo. E foi assim, depois de trabalhar na carne por uma meia hora que descobri que não tinha em casa três importantes ingredientes: O fungui, o molho de soja e cenourinha amarela…aiaiaiai!

Já não dava para recuar. Fui adaptando a receita e ao final servi uma bela maçã de peito com farofa. Um pouco diferente da original, é verdade, só sei que ninguém reclamou!

Maçã de Peito

Share This Post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE