Aprendendo a flambar

Por : | 0 Comentários | On : 9 de novembro de 2013 | Categoria : Técnicas Culinárias

Alguns podem pensar que flambar se resume à performance dos talentosos garçons das churrascarias rodízio brasileiras. Ledo engano. Flambar é um técnica culinária bastante antiga (final do século 19) e que foi sendo aprimorada ao longo do tempo. Sua origem é francesa, deriva da palavra flamber, que significa “passar pela chama”.

Cada tipo de bebida confere aromas e sabores diferentes ao prato quando flambado. A bebida mais tradicional quando falamos em flambar é o conhaque. Contudo, existem outras bebidas menos famosas, porém com resultados muito mais ricos. A cachaça por exemplo, é um ótima opção. Ela praticamente não deixa nenhum amargor ao flambar ficando apenas os aromas e sabores. Além disso, existem diversos tipos de cachaça o que permite escolher uma que entregue exatamente o que queremos para o prato.

Não sou expert em flambar e por isso mesmo não vou aprofundar no assunto. Basicamente nas minhas experiências fico restrito à cachaça, conhaque e whisky. Contudo, é possível utilizar praticamente qualquer bebida. Muitos pensam que apenas as mais alcoólicas podem ser usadas. É verdade que quanto maior o teor mais fácil é flambar, porém, até vinhos com 13º ou 14º podem ser usados.

A técnica é simples. Antes de tudo você precisa aquecer a bebida. Mesmo uma cachaça terá dificuldade para inflamar se estiver muito fria. O calor faz o álcool evaporar facilitando todo o processo. Em pratos mais secos como um bife de filé mignon, a bebida pode ser colocada diretamente na panela. Após alguns minutos aquecendo, basta virar um pouco a panela para que a bebida entre em contato com o fogo e possa inflamar.

Em pratos com mais líquidos como uma carne com molho, você precisa aquecer a bebida antes. Normalmente eu uso uma concha de inox, coloco a bebida na concha e levo à chama para aquecer. Passados 5 segundos deixo fogo entrar em contato com a bebida para incendiá-la na própria concha. Depois disso é só despejar com cuidado sobre o prato.

A técnica de flambar acrescenta muito sabor aos pratos e por mais arriscado que pareça vale muito a pena tentar. Que tal um reservar um pouquinho mais de cachaça para tomar (coragem!?).

A técnica de flambar passo a passo em fotos

A técnica básica para flambar

A técnica básica para flambar

A técnica básica para flambar

A técnica básica para flambar

A técnica básica para flambar

Share This Post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE