Arroz Biro Biro

Por : | 0 Comentários | On : 5 de fevereiro de 2014 | Categoria : Curiosidades

biro-biro

Imagino que ninguém saiba quem foi Antonio José da Silva Filho. Porém seu eu perguntar por Biro Biro, muitos saberão tratar-se de um ídolo do futebol brasileiro no final  dos anos 70 e início dos 80. Quem não se lembra da campanha da Coca-Cola que lançou uma disputa de “faz de conta” para definir quem era melhor Biro Biro ou Maradona? Para mim, uma das campanhas mais inteligentes e irreverentes dos últimos anos e uma alfinetada de leve nos nossos hermanos. Foi justamente essa campanha que ressuscitou o nome ˜”Biro Biro” e sem querer acabou tornando mais popular pelo Brasil uma receita bastante tradicional em São Paulo, o Arroz Biro Biro.

Ele é feito com arroz branco, bacon, ovo frito e batata palha. É justamente a batata-palha que faz muitos pensarem que o nome do prato tem ligação com a semelhança com o cabelo do jogador. Outros dizem que o arroz ganhou este nome porque o jogador sempre pedia nos restaurantes o que estava acostumado a comer em casa: “Arroz, ovo e batata-palha”. A verdade é que o arroz é uma invenção da churrascaria Rodeio de São Paulo e se chamava Arroz Rodeio. Com o tempo e não se sabe ao certo como, o arroz passou a ser conhecido por Biro Biro.

O fato é que apesar de ser bastante calórico o arroz é uma delícia. Um acompanhamento perfeito para carnes grelhadas. Quem já comeu uma “Filé à francesa” vai perceber uma indiscutível semelhança. Muito comum nos restaurantes mais tradicionais, aqueles com o cardápio enorme e com garçons que não abrem mão de servir todos à mesa, nada mais é do que um filé com um arroz Biro Biro sem arroz. Explico, o “à francesa” significa servir o filé acompanhado de uma batata palha puxada na manteiga com cebola, ervilha e presunto. No caso do Biro Biro a Rodeio trocou o presunto por bacon e acrescentou o arroz.

Amanhã vou preparar a minha receita de Arroz Biro Biro e postar aqui no blog para quem quiser experimentar.

Arroz Biro Biro

Receita do arroz biro biro

 

Créditos da foto de Biro Biro: Celso Ishigami (DP/D.A Press)
Share This Post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE