Informações Nutricionais nas receitas do Blog

Por : | 0 Comentários | On : 1 de julho de 2014 | Categoria : Curiosidades

in

Desde 1998 todo alimento comercializado no Brasil, isso inclui alimentos importados, deve seguir uma conjunto de regras para rotulagem nutricional. Em resumo eles precisam informar qual a quantidade de determinados nutrientes presentes em sua composição.

Isso pode parecer bobagem para alguns que nunca sequer perceberam a presença dessas informações nas embalagens dos alimentos, porém para pessoas com restrições alimentares essa lei significou um avanço significativo na qualidade da alimentação.

Se você é um dos que nunca deram atenção às informações nutricionais dos produtos talvez seja a hora de rever este conceito. Mesmo que você não possua nenhuma restrição alimentar certamente você será muito beneficiado ao fazer escolhas mais inteligentes na hora de decidir o que comer. É impressionante como alimentos semelhantes podem apresentar concentrações tão diferentes de sódio ou gorduras saturadas, por exemplo. Isso sem falar no valor energético que ao ser desconsiderado pode ser o responsável por aqueles quilinhos a mais.

Pensando nestes benefícios implementamos no Blog um ferramenta automatizada para calcular e apresentar em cada receita os seus principais valores nutricionais. Basicamente criamos um banco de dados com diversos ingredientes e sua composição nutricional. A partir deste banco de dados o próprio Blog calcula as informações de cada receita. Isso permite também que você filtre receitas pela quantidade de calorias ou só as que não possuem glúten ou até mesmo as vegetarianas.

É importante dizer que como o sistema parte das informações nutricionais dos ingredientes e não de uma análise feita no prato final (como acontece em praticamente todos os produtos à venda no mercado) as informações apresentadas podem variar significativamente em alguns casos. Pense em uma carne com algum molho, as informações nutricionais do prato foram calculadas com base nos ingredientes usados, logo se você não consumir todo o molho produzido (o que é muito comum no caso de molhos, ensopados ou mesmo em uma moqueca) você estará consumindo menos nutrientes do que os informados na receita. Além disso a própria legislação brasileira já permite uma variação de 20% para mais ou para menos nessas informações.

Além disso, ao acessar a página de um ingrediente as informações nutricionais deste são apresentadas para diversas medidas comuns, como uma colher de chá ou uma xícara.

Espero que todos aproveitem ao máximo essa nova funcionalidade e com isso passem a conhecer cada vez mais os alimentos que consumimos no dia-a-dia.

Share This Post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE