Qual será o futuro da Restaurante Week?

Por : | 0 Comentários | On : 1 de maio de 2015 | Categoria : Geral

futuro da Restaurante Week

Parece piada, mas é verdade: O Outback Steakhouse de Campinas (as três unidades da cidade) vai participar da 4ª edição do Restaurante Week. Antes mesmo da lista oficial de restaurantes ser liberada (mesmo a 5 dias do início do festival) a assessoria de imprensa do Outback cuidou de divulgar a sua participação.

A pergunta que fica é: Qual será o futuro do evento que ao longo dos últimos anos ajudou de forma decisiva a popularizar a chamada “cozinha gourmet”? Se no início o festival era uma forma dos amantes da boa mesa conhecerem restaurantes “mais inacessíveis” ao mesmo tempo que servia para esses mesmos estabelecimentos conquistarem um público novo; hoje a Restaurante Week parece ser para os restaurante o que o natal é para os comerciantes. Serviço descuidado, pratos sem personalidade e casas lotadas, tudo se assemelha muito ao comércio nessa época do ano e não deixa dúvida que o objetivo é somente um: faturar! Até porque quem acredita realmente em conquistar novos clientes oferecendo uma experiência tão ruim?

Muitos agora devem estar pensando: Não concordo com ele, eu gosto da Restaurant Week. Pois saibam que eu entendo e concordo. Se deixarmos de lado a proposta inicial do festival ele fica muito atraente, desde que você tenha um pouco de paciência para filas e um atendimento ruim. Não tem como negar que a Restaurant Week contínua sendo uma boa oportunidade para conhecer restaurantes mais sofisticados. Se a experiência oferecida, que diga-se de passagem é muito inferior ao que você encontra no mesmo estabelecimento fora da Restaurant Week, vale o preço é um julgamento pessoal. A questão é que a oportunidade de comer em um bom lugar a um bom preço já existe fora da Restaurant Week. Depois da febre das compras coletivas o mercado gastronômico foi inundado com algo muito mais funcional, os Cupons de Desconto. Seguindo basicamente a receita do compre um prato ganhe outro, os cupons tomaram conta das principais cidades brasileiras. Algumas vezes vendidos, outras vezes distribuídos para grupos específicos, os cupons que nasceram anos atrás como uma forma de atrair novos clientes aos restaurantes (como a Restaurant Week) acabaram se tornando uma extensão da Restaurant Week.

Hoje é possível comer com um super desconto em diversos bons restaurantes, seja na Restaurant Week ou fora dela. O problema é que como todos nós já percebemos a grande parte dos restaurantes vem subindo os preços o que transformou os cupons não em uma oportunidade de comer barato e sim na única forma de se pagar um preço justo por uma refeição.

Evidentemente isso não acontece com todos os estabelecimentos. Notoriamente os classe “A” ainda não se renderam aos cupons, Restaurant Week e tantos outros movimentos. Isso por vezes gera algumas distorções de preço entre estes cardápios e os de restaurantes claramente inferiores. A diferença do preço de um prato entre esses restaurantes diminuiu muito,e,coitado do desavisado que entrar em estabelecimentos do segundo tipo sem um cupom de desconto na mão!

Da minha parte fica a torcida para que a organização do evento passe a fazer uma seleção mais criteriosa dos restaurantes e pratos que participarão das futuras edições do festival e que essa febre dos cupons vá embora tão rápido como chegou.

Share This Post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE