Patê de Foie (patê de fígado de galinha)

2013-11-07
  • Porções: 8
  • Tempo prep: 15m
  • Tempo de cozimento: 40m
  • Pronta em: 55m

Ele é um administrador de empresas..

Mais receitas deste Chef »
Avaliação média dos leitores

(4.3 / 5)

4.3 5 4
Avalie esta receita

4 pessoas avaliaram

Veja também:
  • Truta à Belle Meunière

    Truta à Belle Meunière, aprenda a receita tradicional

  • Omelete de legumes light

    Omelete light de legumes, champignon e ricota [274cal]

  • poivre vert

    Filé mignon ao poivre vert (Filet de boeuf sauce au poivre vert)

  • Maionese caseira de ervas

    Maionese caseira de ervas com ovos frescos

  • Aspargos no sous vide

    Aspargos perfeitos preparados no sous vide [38cal]

Essa receita leva muito ingredientes, contudo, é bastante simples, muito barata e com um resultado final fantástico. Vamos fazer uma Patê de Foie. Só que neste caso nada de fígado de ganso ou pato, vamos usar o fígado de galinha. Fácil de se encontrar, de sabor bastante suave e muito, muito barato, o fígado de galinha é perfeito principalmente para quem vai se aventurar na confecção do patê pela primeira vez.

 

Não é tão fácil comprar fígado de galinha. Você pode encontrá-lo em açougues principalmente nos localizados em mercado públicos. Porém, o mais comum é encontrá-lo congelado nos supermercados em embalagens de 1/2kg. Por isso, vou preparar a receita com 1/2kg de fígado. Acontece que é muita coisa! Então, prepare-se para presentear todos da família com o patê, essa receita vai render 4 generosas porções.

 

Ingredientes

  • 1/2kg de fígado de galinha congelado ou 400g dele fresco
  • 1/2 xícara de chá de creme de leite fresco (não pode ser de caixinha)
  • 1 pão francês
  • 1 xícara de chá de leite integral
  • 30ml de vinho do porto
  • 30ml de conhaque
  • 1/2 cebola média
  • 1 dente de alho
  • 1/2 colher de café de noz-moscada
  • 1/2 colher de sopa de pimenta-do-reino
  • 1 xícara de chá de espumante brut. Não use cidra ou espumante de baixa qualidade. Na falta de um bom espumante faça sem nenhum
  • 1 ovo
  • 100g de manteiga para refogar a cebola
  • 50g a 100g de manteiga para cobrir os potes de patê
  • Sal a gosto

Passo1

Procure adquirir um fígado de qualidade. A foto abaixo mostra um fígado bem manuseado à esquerda e outro incorretamente manuseado à direita. O fígado deve estar como à esquerda na foto. Caso o seu esteja com veias aparentes, excesso de gordura, etc, procure remover tudo. Corte os fígados ao meio e tempere com o espumante e pimenta-do-reino. Não coloque sal e deixe marinando.

DSC05111

Passo2

Corte o pão em fatias, coloque em um prato fundo e cubra com o leite. Deixe que absorva o leite e amoleça.

DSC05129

Passo3

Pique a cebola e o alho bem finos. Em uma panela média refogue primeiro a cebola. Depois de 2 minutos refogando acrescente o alho.

DSC05125

Passo4

Assim que a cebola estiver transparente reduza o fogo ao mínimo e coloque o fígado na panela. O objetivo é cozinhar e não fritar, por isso mantenha o fogo o mais baixo possível. Se a panela começar a ficar seca, acrescente um pouco de leite. Mexa com regularidade enquanto cozinha por cerca de 10 minutos. Passados os 10 minutos, acrescente o conhaque à panela e flambe. Desligue o fogo e deixe esfriar por 10 minutos.

DSC05126

Passo5

Coloque todo o conteúdo da panela em um processador de alimentos ou liquidificador. Acione o equipamento na velocidade máxima e com ele ligado acrescente o ovo inteiro, o creme de leite e o vinho do porto. Ainda com o processador ligado acrescente as fatias de pão amolecido. Antes, aperte-as com as mãos para remover o excesso de leite. Por fim, acrescente cerca de 2 colheres de chá de sal. Desligue o processador, prove o sal e corrija se necessário.

DSC05134 DSC05139

Passo6

Transfira o creme formado para potes menores. Será nestes potes que o patê será conservado e servido. Leve os potes para cozinhar no forno em banho-maria. Para isso coloque uma forma grande no forno com água até quase a borda. Coloque os potes dentro da forma e regule a temperatura para 140ºc por cerca de 40 minutos.

DSC05140

Passo7

Enquanto o seu patê está no forno prepare manteiga clarificada o suficiente para cobrir a superfície dos potes. O patê em contato com atmosfera oxida, o que altera a sua coloração. A manteiga clarificada formará uma camada que irá proteger o patê. Passados os 40 minutos desligue o forno e despeje a manteiga sobre cada um dos potes. Deixe esfriar na geladeira.

DSC05154

Sirva o patê com uma cesta de pães variados.

Usei o fígado de galinha por ser infinitamente mais barato se comparado ao pato (ao de ganso nem se fala), porém a mesma receita pode ser feita substituindo um tipo de fígado por outro.

Comentários (5)

  1. postado por Paulo Vitor Pereira Martins em 11 de novembro de 2016

    Oi, qual é a validade mais ou menos dessa receita depois de pronta?

    • postado por Alexandre Litwinski em 14 de novembro de 2016

      Oi Paulo, tudo bem? Se você colocou a manteiga clarificada para proteger o patê assim que ele saiu do forno, a receita vai conservar bem na geladeira por até uma semana. Abraços.

  2. postado por VERA LEMOS em 3 de outubro de 2017

    Olá! Quanto a marinada se não tiver espumante posso marinar como? E deixo por quanto tempo marinando? O creme de leite é o de garrafa que se encontra no refrigerador do supermercado correto? Posso congelar ? Grata . Vera Lemos

    • postado por Alexandre Litwinski em 4 de outubro de 2017

      O ideal seria usar um vinho branco no lugar do espumante, deixe marinar ao menos 4 horas. O creme de leite é o fresco, esse que fica refrigerado no supermercado. Eu nunca tentei congelar, acredito que deva funcionar bem. Abraços.

  3. postado por clarice em 24 de outubro de 2017

    Pode ser congelado?????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE